Olá! Você gostaria de receber as notificações desta loja?


X

Blog

Lingerie atacado: 8 dicas básicas para vender mais

Lingerie atacado: 8 dicas básicas para vender mais

02/12/2019 08h00 | BY Pink Lingerie
758

Existem alguns passos básicos que podem ajudar a vender mais lingerie atacado e varejo. No entanto, muitas vezes são etapas negligenciadas e podem ser o diferencial para sobreviver nesse mercado competitivo. Confira.

 

1.Tenha parcerias e invista na gestão dos fornecedores

No começo pode ser trabalhoso, mas parcerias de lingerie atacado são fundamentais para conseguir ter uma margem de lucro maior e até competir com as grandes marcas e redes. Participe de feiras especializadas, faça networking e tenha indicações para guiar sua busca.

Além disso, ter um bom sistema de gerenciamento é fundamental para conseguir administrar de forma adequada fornecedores para produtos específicos, por exemplo. Considere ter um departamento apenas para compras e fazer um cadastro com todos os dados.

Ter um fornecedor que tenha capacidade produtiva, suporte técnico, localização boa e produtos de qualidade a preços competitivos podem ser o diferencial para vender muito mais.

 

2.Mostre seus produtos com fotos de qualidade

Grande parte das pesquisas de produtos são feitas online nos dias de hoje pelo consumidor. Portanto, é preciso estar preparado para mostrar os produtos com fotos e até vídeos de qualidade. Além disso, elas devem ser atrativas e bonitas para despertar interesse nas pessoas.

Muitos fornecedores trabalham com fotos padrão e as fornecem, mas você pode contratar um fotógrafo e um modelo para ter opções personalizadas, diferentes das usadas pelos concorrentes e montar um catálogo.

Elas exercerão parte importante no primeiro estágio das vendas ao despertar interesse e vale a pena fazer esse investimento.

 

3.Fique de olho na concorrência

Saber o que o concorrente faz é essencial para os negócios. Não que você vá copiar o que ele faz, mas ter uma noção dos preços, tipos de peças, o que faz mais sucesso, o que as consumidoras procuram, abordagens e até ter ideias para melhorar suas vendas e estratégias.

 

4.Se especialize em um nicho

Ter um mix diversificado é importante, mas você pode se especializar em um segmento. Por exemplo, moda íntima plus size ou moda íntima evangélica. Com o título de especialista, terá um nicho e poderá produzir conteúdo exclusivo e até virar referência no mercado para vender mais.

 

5.Invista na proximidade e personalização

Atualmente as pessoas procuram não apenas excelência no atendimento, preços baixos e qualidade, mas esperam ter uma proximidade com a marca, algo exclusivo e personalizado.

Imagine conhecer todos os gostos e preferências de sua cliente e toda que chegar uma novidade poder oferecer diretamente. As pessoas desejam economizar tempo e se você souber o que as clientes querem, já é meio caminho andado.

 

6.Fidelize

Melhor do que ter um lead que converta é ter um cliente que volte a comprar. Conquiste com descontos, novidades, exclusividades, pacotes ou informações relevantes. É preciso existir um sentimento de recompensa e isso fará com que você se destaque e ganhe preferência.

 

7.Preste consultoria

Uma consultora pode guiar as escolhas de modelos, tecidos, tendências de lingerie e oferecer informações úteis que podem ser decisivas na jornada de compra de lingerie.

Educar o consumidor também facilitará muito o trabalho de vendas e oferecer esse serviço pode diversificar e aumentar seus ganhos.

 

8.Agregue valor ao seu preço

Além de bom atendimento e menor preço serem levados em consideração, outros fatores podem ser decisivos na hora de escolher onde comprar lingerie. Por isso, é necessário apresentar um diferencial que agregue valor ao seu preço.

Comprar lingerie no atacado e revender no varejo é uma boa forma de ganhar dinheiro. A expectativa era de crescimento em 0.7% em 2019. Sutiã, calcinha e cueca continuam sendo líderes de venda.